Arquivo da categoria: Dia Mundial do Diabetes 2016

13/11- Correndo pelo Diabetes, a SBD RJ promove evento na Lagoa

Para mais informações:

Mesmo que as inscrições estejam encerradas, venha participar do Dia Mundial do Diabetes e vamos nos unir a outros diabéticos que como você estão nesta luta diária para manter o controle e a qualidade de vida!

Será ótimo encontrar todos os DMs do Rio de Janeiro juntos!

Mais uma Maneira de nos Ajudar na Contagem de Carboidratos e no Controle…

O aplicativo Gliconline (www.gliconline.net) é uma plataforma online que permite o registro de glicemias, alimentos, cálculo de dosagem e correção, e acompanhamento à distância pelo seu médico ou familiares. Foi desenvolvido aqui no Brasil, no interior de São Paulo, e está em constante melhoria. Já conheço o aplicativo há 2 anos e ele vem evoluindo ao longo desse tempo.

Além da contagem ele também nos ajuda a fazer o controle com:

Diários de Glicemia: informamos o valor da glicemia,o  alimento que ingerimos (contagem de carboidratos) e a dose administrada;

Alertas: após registrar seus dados no diário, configure lembretes de horários e alertas que deseja receber;

Cálculo de Dose (o que mais gosto): informe sua prescrição médica detalhada (sensibilidade e relação inulina/carboidratos durante períodos do dia, valores para correção), e o aplicativo nos sugere os valores de insulina que devemos aplicar ao longo do dia.

Adicionar outros Medicamentos que faça uso contínuo ou esteja usando por determinado período.

Interação com seu médico (necessita o cadastro do médico), assim ele poderá: “acessar em tempo real o prontuário eletrônico de seus pacientes, permitindo análise das glicemias, doses, alimentação e ajuste do tratamento do diabetes à distância. Além disso, é possível alertar seus pacientes para os medicamentos de uso contínuo na hora e dose prescrita”.

Hoje o aplicativo está disponível apenas para Android, mas os desenvolvedores anunciaram que estará disponível a versão para iOS até o final de 2016. Aguardamos…

screenshot_2016-10-17-20-52-55screenshot_2016-10-17-20-52-51  screenshot_2016-10-17-20-53-07 screenshot_2016-10-17-20-53-40

O que eu aprendi com o diabetes

eu-aprendi-diabetes

A vida me matriculou na disciplina que, sinceramente não gostaria de estar inscrito.

Mas ela quis que fosse assim.

Dia após dia. Aprendendo uma nova lição, passando por inúmeras avaliações, estudando e aplicando os conhecimentos deste professor rigoroso chamado Diabetes.

Em meio a isso, algumas lições eu pude compreender e outras ainda busco assimilar.

– Entendi, que todos os dias novas lições são aplicadas no quadro. Posso copiar se quiser, posso memorizar cada conceito ou posso ignorar a aula do dia.
Esse professor não vai me chamar a atenção, mas vai cobrar adiante. Pode ter certeza.

– Ele me ensinou que preciso ser mais paciente comigo. Na verdade, que preciso desacelerar, pois a pressa com o Diabetes é uma grande inimiga.

– Tirar nota 100 na prova do glicosímetro é a meta. Acima disso é sinal que preciso fazer uma prova de recuperação, digo, correção.

– As provas trimestrais, chamadas de glicadas são de conceito específico e diferenciado. Preciso tirar conceito abaixo de 7. Caso contrário, a coordenação do curso (minha médica) me chama para aquela conversa, pois o conteúdo aplicado em sala não está sendo realizados de maneira correta.

– Posso pedir para ir ao banheiro e beber água, mas se toda hora fizer isso ganho uma advertência. Chamamos isso de hiperglicemia.

– Gosto das aulas de contagem de carboidratos. Preciso melhorar essa minha matemática de CHO!

– Você pode repetir esta matéria quanto as vezes quiser. Não sei por quanto tempo eu irei cursar essa matéria, mas pretendo a cada ano ser mais aplicado. Não desejo ser o melhor aluno, mas não pretendo me indispor com o professor.

– Nos intervalos das aulas preciso me alimentar. Caso eu não faça isso, a inspetora Hipoglicemia me chama no canto para uma conversa.

Como educador já pude viver muitas coisas em sala de aula, mas nessa matéria chamada Diabetes Tipo 1, cada dia é uma nova história.

Dias de conteúdos e momentos agradáveis, outros talvez nem tanto.

Enquanto eu continuar nessa escola, quero seguir aprendendo para ensinar aos meus a arte da vida sendo Eu e a Bete.